Iya Shango

IYA_SHANGO_01

« Todo tempo é susceptível de virar um tempo sagrado;
à todo momento, a duração pode ser transmudada em eternidade. »
« In illo tempore, nos tempos míticos, tudo era possível. »
Mircea Eliade

IYA_SHANGO_02

IYA_SHANGO_03

IYA_SHANGO_04

A repetição do cotidiano, massacrante a princípio, sublima, pelo cansaço, seus agentes. Gestos e saudações que repetem, ao infinito, o ato criador, a origem da aldeia, da tribo, do mundo. Aldeia : centro do mundo. No ato de cozinhar, de cantar, de reverenciar está sempre, por detrás, o gesto original e criador : o gesto mesmo do divino, que se atualiza no presente através do homem, trazendo o tempo sagrado, o tempo do mito para o tempo profano a qualquer momento, sem aviso, sem censura. Não é só no rito que o tempo sagrado se regenera, mas todos os dias, de novo, e de novo, e de novo.

IYA_SHANGO_05

IYA_SHANGO_06

IYA_SHANGO_07

As crianças, assim que saem das costas das mães, andam em bando, uma comunidade de infantes que garantem eles próprios seus cuidados. A princípio nus, depois vestidos; primeiro dormindo nas costas da mãe, depois na da irmã ou prima ou vizinha ou nenhuma delas, por fim andando, correndo. As mulheres estão sempre a trabalhar, costas arqueadas em direção ao chão, na limpeza, na cozinha, incessantes e incansáveis provedoras que buscam água, acendem o fogo. Os homens agraciam-se, uns aos outros, com o carinho e o toque que não se vê entre um homem e uma mulher, um homem e suas mulheres. Observam, da sombra. Homens que são.

IYA_SHANGO_08

IYA_SHANGO_09

IYA_SHANGO_10

IYA_SHANGO_11

IYA_SHANGO_12

IYA_SHANGO_13

Na perfeita ordem do universo, que do caos de suas partículas restabelece o sentido, elimina o sobressalente, realinha os elementos. Caos, como um átomo visto de fora, elétrons a se chocarem, um centro nuclear inatingível, e a energia entre os dois. Alguns elétrons que são bombardeados para fora da unidade, nucléolos em explosão, convulsão, catarse. O som percussivo pulsa, bate, ataca, repele, seduz, conduz, alucina, sublima. Cala.

IYA_SHANGO_14

IYA_SHANGO_15

IYA_SHANGO_16

Desfaz-se o centro, dissipa-se a energia. E de repente o caos parecia muito mais coreografado que a apatia que se segue, olhares que voltam-se uns para os outros, tambores silenciosos, corpos sem espasmos, poeira assentada, Céu e Terra desgarrados. A energia – puf! – sumiu, não está mais ali. Está em todo lugar, está em outro lugar. A vivência do divino é tão real quanto a terra vermelha embaixo das unhas. Vivência para uns, testemunho para outros. Como foi ontem e será amanhã, desde sempre, para sempre, como sempre, não se conta o tempo. Há quem esteja, mas aqui é.

IYA_SHANGO_17

IYA_SHANGO_18

IYA_SHANGO_19

IYA_SHANGO_20

Kétou é o centro do mundo.

IYA_SHANGO_21

Photographed in Kétou, Benin, in January 2009.

Photos by
Maria Bitarello and Fábio Nascimento.
Texto: Maria Bitarello
A film by Nuno Aires.
Sound by Camille Barrât.

Exhibition at Galérie Goutte de Terre,
in Paris, in the spring of 2011.

Onde comprar o livro “Só sei que foi assim”? Aqui!

Livro_Tira

Se você perdeu os eventos de lançamento do livro ou simplesmente quer adquirir mais um (ou muitos) exemplar(es) de Só Sei Que Foi Assim, entre em contato comigo por esse email (mariabitarello@gmail.com) que um livro chegará até você o mais rápido que os Correios permitirem.

Outros pontos de venda:
Livraria da Vila (São Paulo)
Livraria Cultura (São Paulo)
Livraria Liberdade (Juiz de Fora)
Livraria Flux (Juiz de Fora)

  • How can I buy a copy of “Só Sei Que Foi Assim”? Keep reading.

If you missed the launch parties for the book or if you simply want to buy more
copies of Só Sei Que Foi Assim, get in touch with me through this email address
(mariabitarello@gmail.com) and I’ll make sure a copy arrives at your home as
fast as the Post Office allows it.

Where to buy the book:
Livraria da Vila (São Paulo)
Livraria Cultura (São Paulo)
Livraria Liberdade (Juiz de Fora)
Livraria Flux (Juiz de Fora)

Lançamento em RJ, SP e JF do livro “Só sei que foi assim”

Convite_RIOLivro_Convite_SP

Livro_Convite

 

Confirme sua presença no evento do facebook.

Inland Empire & State of Jefferson

Scan01

Carolyn & the Volvo @ California desert, Vegas-bound (April, 2014)

Scan02

Carolyn & the Volvo @ Mojave National Reserve, California (April 2014)

Scan03

Carolyn @ Mojave National Reserve, California (April 2014)

Scan04

Crossroads @ Mojave National Reserve, California (April 2014)

Scan05

Carolyn & desert dunes @ Mojave National Reserve, California (April 2014)

Scan06

Mojave National Reserve, California (April 2014)

Scan07

Roy’s Motel, full vacancy @ Inland Empire, California (April 2014)

Scan08

US Post Office @ Inland Empire, California (April 2014)

Scan09

Carolyn & man @ Oasis & San Andreas’ Fault @ Inland Empire, California (April 2014)

Scan10

Super-furry Palm Trees @ Oasis & San Andreas’ Fault @ Inland Empire, California (April 2014)

Scan11

Surfaced water @ Oasis & San Andreas’ Fault @ Inland Empire, California (April 2014)

Scan12

Sun and shade @ Oasis & San Andreas’ Fault @ Inland Empire, California (April 2014)

Scan13

Carolyn kale gardening in Los Feliz, California (April 2014)

Scan14

Chris’ Crash Pad, Ruch, Oregon (April 2014)

Scan15

Chris’ Crash Pad, Ruch, Oregon (April 2014)

Scan16

Chris’ Crash Pad, Ruch, Oregon (April 2014)

Scan17

The Oak Tree @ Chris’ Crash Pad, Ruch, Oregon (April 2014)

Scan18

Easter reenactment @ Jacksonville, Oregon (April 2014)

Scan19

Writers Chris & Anna @ Jacksonville, Oregon (April 2014)

Scan20

Jacksonville, Oregon (April 2014)

“Só sei que foi assim”, save the date: 31/7/14

save_the_date

Olá!

é com um misto de satisfação, alívio e esperança que envio a todos – por enquanto – apenas o save the date para o lançamento de meu primeiro livro:

Só Sei Que Foi Assim.

Reservem esta data e planeje para, se possível, estarem em Juiz de Fora, MG onde será a celebração.

31 de julho de 2014
às 19h30, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas

Por favor, compartilhem livremente este save the date com quem e da forma que desejarem! Facebook, twitter, email, correios, manifestação pública, meditação transcendental, fofoca ou tatuagem. Toda forma de comunicação vale a pena!

Como eu não sou ativa em nenhuma rede social, dependo de vocês para me ajudarem a divulgar!

Ainda falta um tempinho, mas para quem terá que se deslocar até Minas Gerais para o lançamento, como eu mesma, é bom um pouquinho de antecedência.

Espero ver vocês, suas famílias e seus amigos lá!

Um beijo agradecido,

Maria Bitarello

Matrimonio Chileno

Scan01 Scan02 Scan03 Scan04 Scan05 Scan06 Scan07 Scan08 Scan09 Scan10 Scan11 Scan12

All photos taken of my family in Santiago, Chile, in March 2014, using double-exposure of a Kodak 400 TMY film-roll with an all-plastic italian camera called Ferrania and bought at a Flea Market in Clermont-Ferrand, France, in 2010, for 10 euros.